fbpx
50 TONS DE COACHING - Body & Mind Coaching
645
post-template-default,single,single-post,postid-645,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1400,qode_popup_menu_push_text_right,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-16.7,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.2,vc_responsive
 

50 TONS DE COACHING

50 TONS DE COACHING

COACHING EMOCIONAL, FINANCEIRO, DE RELACIONAMENTO, CRISTÃO, MOTIVACIONAL, DE EMAGRECIMENTO E MAIS 50
Coaching financeiro, de emagrecimento, sexual, espiritual, infantil, cristão, de relacionamento, místico, de casamento, de sentimento, da criação, da montanha, da amamentação, e mais de 50 nomes diferentes para a mesma coisa. PARA A MESMA COISA? NÃO.
Por mais que os anos passem e as pessoas entendam mais o que é a metodologia coaching, a pergunta que mais me fazem é: todo mundo é coach? A outra pergunta que vem em seguida é: eu queria fazer um coaching da “felicidade” (ou palavra que se remeta à meta). 
Isso mesmo. Algumas pessoas estão utilizando as METAS de outras para colocar um título no seu processo de coaching.  Seria ótimo, seria marketing, se não fosse triste.
Quando você faz COACHING, você não aconselha e não ensina. Logo, TUDO o que for ensinar e dar conselhos não é coaching. Caem por terra todos esses nomes de coaching disso e coaching daquilo, mesmo que estas pessoas insistam em usar este nome que não tem patente nem dono. 
A confusão acontece por causa da própria semântica: coach = condutor, cocheiro, aquele que conduz e mostra o caminho. Por mim, mudaria o nome. Mas agora já foi e vai assim mesmo, explicado eternamente que é uma metodologia complexa para aplicar, que não é da noite para o dia que se aprende e que não é porque você faz macarrão muito bem que vai dar um curso chamado “coaching de macarrão”. 
Coaching “de emagrecimento”, por exemplo, que está muito na moda, não existe. É uma apropriação da metodologia para inserir técnicas para emagrecer. O mesmo acontece com o coaching “financeiro”, onde um profissional muito bom em economia dá aulas e ensina técnicas de como lidar com as finanças. 
Há anos isso vem se tornando uma confusão enorme e só piora à medida que o tempo passa.
Cabe ao profissional COACH esclarecer informações importantes, pois a rica metodologia pode mesmo apoiar na mudança de hábitos, no aumento da autoconfiança, na mudança de modelo mental. Coaching não é apenas cognitivo, é emocional e podemos penetrar em camadas profundas no desenvolvimento do cliente.
É bom desmistificar o coaching para aquelas pessoas que não sabem do que se trata.
Não há problema em inovar, inclusive a inovação é uma competência mais do que necessária na nossa era. O problema é enganar, inventando nomes para vender um produto que não será utilizado, tal e qual seu propósito.
Espero sinceramente que os coaches cumpram o seu papel de disseminar esta poderosa metodologia, não apenas para vender o serviço, mas para conscientizar as pessoas de que existe  algo que pode apoiá-las a chegar nos seus objetivos, de forma objetiva, direta, eficaz e também profunda.
Sem comentários

Publique seu comentário